Comandos básicos para o editor VI

Comandos básicos para o editor VI

editorVIEste é um artigo que descreve os comandos básicos para se mexer no VI (portanto também para o VIM).

O VI é um editor de texto que é utilizado através do terminal e é muito utilizado para abrir arquivos de qualquer máquina Linux através do SSH sem necessidade de se ter qualquer software extra.

 

  • Notação
    • Adicionar um + entre dois comandos indica uma combinação de comandos;
    • Comandos com letras maiúsculas são diferentes dos com mínusculas (por exemplo, “E” e “e” são diferentes);
      Recomendo manter o teclado em letra minúscula e quando precisar de uma maiúscula, use SHIFT+LETRA;
    • Palavra em maiúscula e itálico se traduz em uma tecla do teclado (por exemplo ENTER é igual a tecla ENTER);
  • Utilização
    • Quando você acessa o VI, ele entra no modo comando, isto é, em um modo preparado para receber comandos;
      Para digitar um comando, digite “:” (sem as aspas); Isso abrirá a linha de comando na parte inferior do editor;
    • Para entrar no modo de edição, pressione a tecla “INSERT”;
      Agora você poderá editar o arquivo normalmente;
    • Para voltar ao modo de comandos, pressione a tecla “ESC”;
    • Entendendo a tela de comando: é através dela que você salva, sai do arquivo e utiliza atalhos como remover uma linha, recortar letras, palavras ou linhas etc.
  • Principais comandos da “tela de comando”:
    • Linha de comando (aparece ao digitar “:”)
      • :w – Escreva esta letra e pressione enter; O arquivo será salvo;
      • :q – Sai do arquivo (não sairá se ele não tiver sido salvo);
      • :q! – Fecha o VI ignorando qualquer alteração não salva;
      • :w+q ou :wq – Salva e sai do programa;
        Uma alternativa é digitar ZZ (sem digitar “:”);
      • :w arquivo_novo – Salva a edição atual com o nome de “arquivo_novo”;
      • :1,7 comando – Aplica o comando da linha 1 até a linha 7;
    • Comandos na “tela de comando” (atalhos para serem utilizados na tela de comando, e não na linha de comando, isto é, não digite “:”):
      Dica: Como os comandos abaixo em sua maioria recortam, copiam e colam, sempre posicione o cursor do teclado onde você deseja usar o comando;
      Embora eu tenha definido como “tela de comando” tudo aquilo sem “:” prefixado ao comando, ao pegar o jeito, você perceberá que alguns comandos podem ser usados com “:” e até com “/”;
      • Comandos de cópia:
        • yy – Copia a linha atual;
        • yw – Copia a palavra em que o cursor está;
        • y$ – Copia da posição do cursor até o fim da linha;
        • y^ – Copia da posição do cursor até o início da linha;
        • yG – Copia da posição do cursor até o final do texto;
      • Comandos de inserção (colar, inserir etc):
        • i – Insere texto a partir da posição atual do cursor;
        • I – Insere texto no início da linha;
        • p – Insere texto em uma linha abaixo da posição do cursor;
        • P – Insere texto em uma linha acima do cursor;
        • o – Insere nova linha acima do cursor;
        • O – Insere nova linha abaixo do cursor;
      • Comandos de remoção de texto (remover, substituir etc:
        • x – Remove caractere atual;
        • dw – Remove palavra atual;
          2dw – Remove duas palavras;
        • dd – Remove a linha recorrente (onde o cursor está);
          Dica: equivalente ao comando para linha de comando “:d” (sem as aspas)
        • d$ – Remove do cursor até o final da linha;
        • d^ – Remove do cursor até o início da linha;
        • dG – Remove do cursor até o fim do texto;
      • Comandos de pulo:
        • w – Pula uma palavra;
          5w – Pula 5 palavras;
        • b – Volta uma palavra;
        • c – Vai para o fim da palavra;
        • $ – Vai para o fim da linha;
        • ^ – Vai para o início da linha;
      • Comandos de controle do cursor do teclado:
        • G – Envia-o para o final do texto;
        • :# – Troque “#” pelo número da linha que você quer ir (por exemplo, “:9″ envia para a linha número 9);
          Equivalente a “#G” (por exemplo, 9G equivale ao comando :9);
        • CTRL + g – Informa linha atual do cursos;
        • CTRL + b – Retorna uma página;
        • CTRL + f – Avança uma página;
        • CTRL + u – Retorna metade de uma página;
        • CTRL + d – Avança metade de uma página;
        • CTRL + I – Atualiza tela (faz um refresh, bom para corrigir a tela caso você tenha alterado o tamanho do terminal durante a edição do arquivo);
        • L – Vai até o fim da tela (e não do texto);
        • M – Vai até o meio da tela (e não do texto);
        • H – Vai até o início da tela (e não do texto);
      • Comandos de movimentação:
        • >> – Movimenta a linha para a direita;
        • << – Movimenta a linha para a esquerda;
      • Comando de busca
        • /palavra – procura por “palavra” (por exemplo, /linux procura por palavras iguais a “linux”);
      • Comando para o shell
        • :!comando – Para ir ao shell sem fechar o VI (por exemplo: “:!ls”, lista os arquivos do diretório atual e volta para o VI;

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Abrir chat
💬 Posso Ajudar?