Crescem pedidos judiciais no Brasil para remoção de conteúdo no Google

Crescem pedidos judiciais no Brasil para remoção de conteúdo no Google

O Brasil é o terceiro país que mais solicita retirada de conteúdo do Google. De acordo com oRelatório de Transparência, divulgado nesta terça (13), a empresa recebeu 143 mandados judiciais no primeiro semestre deste ano, atrás somente dos EUA (209) e Alemanha (180). Destes pedidos, 70% resultaram na “remoção de todos ou de alguns itens”, explica a empresa. O número é superior ao do semestre passado, quando foram 128 mandados.

 

No mundo, o Google registrou grande aumento de pedidos para entregar informações de usuário aos governos. As solicitações subiram de 18 257 no último semestre de 2011 para 20 938 no primeiro de 2012. 

Segundo o Google, as solicitações governamentais para remoção de conteúdo são altas no Brasil, em comparação com outros países, parcialmente por conta da popularidade do Orkut. Pedidos de remoção de informação são divididos por uma ordem judicial ou classificados em “executivos, policiais, etc”. 

A difamação continua a ser a principal causa de pedidos de remoção (29%), com privacidade e segurança (15%) a seguir. Curiosamente, o item “crítica a governo” é só a terceira principal causa, com 4%. 

O Brasil também é um dos líderes quando se trata de pedidos de órgãos governamentais e de tribunais sobre informações de usuários. No primeiro semestre, foram 1 566 solicitações (76% parcial ou totalmente atendidas), envolvendo 2 640 contas. No semestre anterior, foram 1 615, a respeito de 2 222 contas. O País só foi superado pelos EUA (7 969) e Índia (2 319).

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Abrir chat
💬 Posso Ajudar?