Dez tecnologias que marcaram os últimos 45 anos

Dez tecnologias que marcaram os últimos 45 anos

digital1Durante os últimos 45 anos assistimos a uma revolução contínua do novo versusantigo, trabalho manual versusautomação, digital versus analógico. Sofisticados produtos de TI alimentaram uma série de revoluções que transformaram o mundo empresarial e de consumo.

Inovações mudaram o modo de viver e administrar negócios e revolucionaram a forma como pensamos e até mesmo o significado de estar “presente” nos mundos real e virtual.



Abaixo, você encontra dez dos mais importantes avanços tecnológicos da história.

Computadores

Qual foi o computador mais inovador? Pcs? Mainframes? Computadores mecânicos como o de Charles Babbage Diferença (1849) ou o eletromecânico Z3 de Konrad Zuse (1941)? Nada disso. Foi o ENIAC, criado em 1946, e os outros computadores automáticos que vieram depois dele. 

Antes disso, o mais comum foi o trabalho humano. Sim, seres humanos reais executando cálculos em papel ou com a ajuda de máquinas de somar. Eles lidaram com o trabalho duro de, por exemplo, efetuar o cálculo das trajetórias dos projéteis de artilharia para tabelas balísticas.

Processador de textos


Esse foi outro trabalho humano eliminado por computadores. A Wang 1200 (1971) inovou entre as máquinas de escrever e mainframes, mas não foi adiante. Já o WordStar para o TRS-80 (1979) colocou o processamento de texto dentro de computadores pessoais.

Botão excluir

Essa inovação aparentemente simples mudou drasticamente nossa percepção do que um erro realmente significa. O botão “excluir” também reduziu a necessidade de usar borrachas, efetuar reinicializações do sistema operacional e solicitações de desculpa.

Unix

Até a invenção do Unix em 1969 a única maneira de executar um programa de computador era convertê-lo para “punch cards”, que era alimentado por um mainframe. Unix permitiu que qualquer pessoa com algumas habilidades de TI escrevessem um software. Isso deu origem à linha de negócios de aplicações e sistemas de larga escala como ERP, CRM e SCP, que, por sua vez, transformaram-se em Salesforce.com, Facebook e World of Warcraft.

Local Area Network (LAN)

Mesmo antes da era dos PCs, as pessoas queriam compartilhar arquivos, impressoras e WAN (internet). As ARCnet forneceram a primeira LAN comercial em 1977, espalhando as sementes da consumerização de TI e do BYOD décadas antes de a TI perceber o movimento.  

Acoplador acústico

Merecidamente incluído no guia da PC World, o “Ugliest Products in Tech History“, o modem acoplador acústico externo (1965) transformou os computadores “luggable” em interfaces de rede usando telefones comuns.

aceplador

Acoplador acústico criado em 1965


Celulares

Redes comerciais de celulares estrearam em 1983 e eram usadas para telefones enormes que estavam acoplados a veículos. Agora, telefones móveis cabem em nossos bolsos e a rede atende a mais de 1 bilhão de assinantes em todo o mundo.

America Online


Em 1989, criar uma conexão pessoal na web e localizar informações era um grande desafio. Até quando o proprietário do proto-ISP, Steve Case, fundou o America Online para transformar a internet em mais simples para seus clientes. O AOL gerou a CompuServe, que gerou a web, que, por sua vez, gerou redes sociais como o Facebook.

Apple Newton

Newton, da Apple, foi o primeiro assistente pessoal digital (ou PDA). Quando foi lançado em 1992 mudou nossa expectativa de como a automação computacional deve ser conveniente e introduziu a ideia de que toda a informação crítica deve estar disponível onde quer que estejamos, não importa o que fazemos.

Roteador

Antes de a empresa italiana Fastweb ter lançado a tecnologia Wi-Fi em 2001 e transformado modems a cabo em gateways de internet sem fio, era muito complicado e caro para a maioria dos consumidores utilizar o sistema. Hoje, a internet sem fio é considerada essencial na maioria dos lares e empresas, tão vital quanto água e eletricidade.

Web

Tim Berners-Lee queria tornar mais fácil a publicação de conteúdos para compartilhamento. Para isso, inventou o HTTP, o HTML e a URL em 1991. A partir daí, a vida parou para esperar usuários retornarem de seus momentos de “navegar” na web. Um hábito que contaminou as pessoas e não tem prazo para acabar.

 

fonte: http://computerworld.uol.com.br

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Abrir chat
💬 Posso Ajudar?