Facebook sofre com saída de executivos do alto escalão

Facebook sofre com saída de executivos do alto escalão

Facebook-frasesO Facebook pode estar enfrentando uma fuga de executivos, com vários dos melhores talentos da empresa decidindo, nos últimos meses, buscar novos projetos em outros lugares.

 

No último fim de semana, Joanna Shields – vice-presidente e diretora geral de operações da companhia na Europa, Oriente Médio e África – se tornou a mais recente executiva de alto perfil a deixar a empresa, desde o IPOem maio.

O anúncio de que Shields deixará o  Facebook para tornar-se executiva-chefe do Tech City Investment Organisation (TCIO), do governo do Reino Unido, segue uma sequência de partidas de executivos. Isso inclui o CTO Bret Taylor, o diretor de plataforma Carl Sjogreen e o influente engenheiro Ari Steinberg, que anteriormente deixou o escritório do FB em Seattle.

Três outras partidas recentes de executivos de negócios incluem o chefe de parcerias Beard Ethan, a diretora de plataforma de marketing Katie Mitic, e o gerente de plataforma de marketing Jonathan Matus. Segundo o analista Richard Holway, do TechMarketView, a decisão de Shields neste momento é interessante, dado que a parte das ações destinadas aos funcionários antes ou durante a IPO expira em 14 de novembro. Ele disse que muitos acreditam que esse é um período de testes para o FB.

“As contas do Facebook na Companies House revelam que cerca de 90 funcionários do Reino Unido entregaram 7,3 milhões de ações – no valor de cerca de 140 milhões de dólares, mesmo ao preço baixo de hoje”, disse Holway. “Não foi revelado quanto Shields recebeu, mas, sendo a pessoa de cargo mais alto, é de se esperar algo considerável”. Holway disse que isso pode explicar porque Shields estava disposta a aceitar um salário anual de aproximadamente 184 mil dólares na TCIO, conforme relatado pelo Telegraph “Há suspeitas de que ela não está fazendo mudando de emprego pelo dinheiro”, disse ele.

Parece que os executivos estão muito mais dispostos a sair do Facebook agora do que há alguns meses, quando a rede social ainda era tida como a empresa mais popular e com o crescimento mais rápido do mundo. A IPO decepcionante da empresa, que viu sua queda de preço de 38 dólares para 20 dólares em cinco meses, pode ter convencido alguns funcionários que era hora de seguir em frente. Não há dúvida de que o Facebook é tão popular como nunca com os usuários, com mais de 1 bilhão de pessoas fazendo login no serviço de rede social a cada mês – quase um sétimo da população mundial.

No entanto, o FB pode precisar fazer algumas mudanças para manter seu talento superior e evitar que altos gerentes sejam atraídos por oportunidades mais desafiadoras e gratificantes em pequenas empresas e start-ups.

fonte: http://idgnow.uol.com.br

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Abrir chat
💬 Posso Ajudar?