Fundador do Wikileaks e executivo do Google se encontraram em segredo

Fundador do Wikileaks e executivo do Google se encontraram em segredo

Julian-AssangeO Wikleaks divulgou um relatório sobre o encontro entre Eric Schmidt, chairman do Google, e Julian Assange, criador do site que expõe documentos sigilosos.

A conversa aconteceu em junho de 2011 – época em que Assange vivia sob prisão domiciliar – poucos meses antes do executivo da gigante de buscas lançar o livro “The New Digital Age”, e sugere que Schmidt tinha bastante interesse sobre o trabalho de Assange.

O bate-papo de mais de cinco horas serviu para que o jornalista explicasse ao conselheiro como funciona a moeda virtual Bitcoin, e até para Schmidt questionar números de acesso do Wikileaks.

O líder do Google ainda se mostrou interessado sobre a divulgação de informações sigilosas de países do oriente com regimes opressores. Assange afirmou que além dos idiomas, o limitado acesso à internet em algumas das regiões era um empecilho.

Por fim, Assange afirmou que não deixaria de divulgar um vazamento envolvendo o Google, em que fossem reveladas as solicitações de dados feitas à empresa de internet. O jornalista lembrou que o site de buscas assinou, logo após o atentado de 11 de setembro, o Patriotic Act, uma lei que dá direito ao governo dos Estados Unidos de requerer informações de qualquer pessoa.

Neste link é possível conferir a conversa na íntegra, em inglês.

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Abrir chat
💬 Posso Ajudar?