Google usa balões para levar Internet a zonas remotas

Google usa balões para levar Internet a zonas remotas

Google-balloonDuas em cada três pessoas no mundo não conseguem aceder à Internet. Foi para levar a web a zonas remotas que a Google criou o “ Project Loon“, que este sábado lançou para o ar o seus primeiros frutos: 30 balões gigantes, equipados com um sistema de retransmissão do sinal de Internetcomeçaram a ser testados nos céus da Nova Zelândia.

 

Durante 100 dias, 50 locais de Canterbury vão receber, ou pelo menos testar a receção, de uma velocidade de Internet superior de 3G ou superior, graças a balões de plástico com antenas ligadas a estações na terra.

Os balões com 15 metros de diâmetro são autoalimentados por painéis solares (colocados na parte inferior) e estarão ligados a infraestruturas de internet local. Em terra, os utilizadores têm antenas de Internet que recebem o sinal dos balões.

A altitude e direção dos balões podem ser controladas à distância e o equipamento está preparado para mudanças de temperatura.

“Balões, transportados pelo vento até altitudes duas vezes superiores às atingidas por aviões comerciais, podem levar a Internet até ao solo, a velocidades semelhantes ou superiores às das atuais redes 3G ou mais rápida”, disse a Google em comunicado.

“A ideia pode soar um pouco louca -e isso é parte da razão para o projeto se chamar “Project Loon” – mas tem na sua base ciência muito sólida”, argumenta a Google.

O projeto está ainda em fase experimental, mas o objetivo final da Google e da equipa do “Project Loon” será lançar milhares destes balões para fornecer Internet a partes remotas do mundo, permitindo o acesso de mais de quatro mil milhões de pessoa.

fonte:  http://www.tecnologia.com.pt/

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Abrir chat
💬 Posso Ajudar?