Hacker obriga mulheres a se despirem depois de roubar fotos eróticas

Hacker obriga mulheres a se despirem depois de roubar fotos eróticas

hackers-servicos-secretos-britanicosO FBI prendeu um homem acusado de roubar informações pessoais de contas online de 350 mulheres, a fim de “sextorqui-las”, ou seja, chantageá-las para que se despissem e ele pudesse tirar fotos via webcam.

 

As acusações da polícia não somente oferecem uma imagem deprimente da moralidade distorcida, mas também da forma como um grande número de pessoas não consegue proteger suas contas virtuais, que contém dados extremamente particulares.

De acordo com a acusação, Karen “Gary” Kazaryan, 27, invadiu uma grande quantidade de contas de e-mail, Facebook e Skype. Ele trocou as senhas das vítimas, bloqueando o acesso de seus proprietários aos serviços. Desse modo ele procurava por dados comprometedores, incluindo imagens embaraçosas.

Com a informação sigilosa em mãos, ele então tentava chantagear as mulheres para que elas o deixassem tirar fotos delas de topless via webcam, usando o Skype. Se elas se recusassem a cooperar, imagens embaraçosas seriam postadas em suas páginas do Facebook.

Kazaryan também assumiu o lugar das vítimas e tentou coagir as amigas delas.

A polícia descobriu 3 mil imagens de mulheres no computador de Kazaryan, algumas tiradas durante suas invasões, outras aparentemente recebidas das mulheres que extorquiu.

O número estimado de vítimas é de 350, mas pode ser maior. A maioria dos alvos eram pessoas que moravam próximas à residência de Kazaryan, em Glendale, na Califórnia.

Se condenado, Kazaryan pode pegar até 105 anos em prisão federal.

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Abrir chat
💬 Posso Ajudar?