Nova Busca Social do Facebook pode “virar o jogo” da rede social

Nova Busca Social do Facebook pode “virar o jogo” da rede social

FB3 435O Facebook revelou na terça-feira (15/1) umanova ferramenta de busca que pode ser um modificador para a plataforma, de acordo com um analista.

Basicamente, a rede social liberou os conhecimentos coletivos e opiniões dos seusum bilhão de usuários em todo o mundo.

“O Graph Search tem o potencial de realmente virar o jogo em algum momento”, disse o analista da The Gabriel Consulting Group, Dan Olds. “O poder da busca social surge por conta do tamanho do Facebook. Quanto mais dados para buscar e mapear, mais detalhados serão os resultados. O que pode tornar o Facebook uma ferramenta mais valiosa.”

Na terça-feira, o CEO e co-fundador do Facebook, Mark Zuckerberg, subiu ao palco no escritório da companhia em Menlo Park, Califórcia (EUA), em um evento para a imprensa, onde apresentaria os planos futuros para a rede.

Enquanto muitos rumores falavam sobre um possível smartphone que estariam preparando, ou sobre a sua nova estratégia móvel, Zuckerberg mostrou que o foco seria “busca”.

Até agora, o Facebook possui dois pilares principais: o Newsfeed e a Timeline, disse Zuckerberg aos aproximadamente 150 jornalistas presentes no evento. Agora, a rede social está adicionando mais um: o Graph Search (busca social).

O recurso, que aparecerá como uma enorme barra de busca no topo de cada página, foi projetado para oferecer uma resposta depois de combinar os próprios dados armazenados de informações dos usuários.

“Este é um belo passo para o Facebook e eles ganharão pontos com ambos os usuários comuns e os usuários comerciais”, disse Olds. “Há mais de um bilhão de usuários no Facebook atualmente e cada um possui um tipo de dado diferente, seja coisas que eles já compartilharam na rede ou o que seja. Esta é uma quantidade enorme de dados interessantes e úteis por si só, mas as relações entre todos esses usuários e essas coisas são ainda mais valiosas.”

Jeff Kagan, um analista independente, observou que, enquanto algumas pessoas podem se decepcionar com o anúncio feito pelo Facebook, ele pode ser mais importante do que imaginam. “Os usuários querem uma boa capacidade de busca há muito tempo”, disse Kagan. “Será esta a resposta? Até agora a busca do Facebook tem sido horrível. Se bem feito, poderá levar a uma nova onda de crescimento da rede social”.

No meio do ano passado, Zuckerberg disse em uma entrevista que estava interessado no ramo das buscas, e que o Facebook, àquela altura, já lidava com cerca de 1 bilhão de pesquisas por dia. Mesmo assim, o analista da Gartner, Brian Blau, disse que o CEO não preparou totalmente a empresa para assumir um trabalho de pesquisa tão grande quanto o que acabaram de lançar.

“Isto é tecnologia nova”, disse ele. “Eles tiveram que resolver muitos problemas tecnológicos, incluindo a busca de linguagem natural e todas as questões que envolvem tornar a busca em algo em tempo-real, respeitando a privacidade e as configurações dos usuários em cada conteúdo.”

O analista da Moor Insights & Strategy, Patrick Moorhead, disse que este não é um projeto que a rede social tirou da manga nos últimos meses. “Uma boa busca é um trabalho muito difícil, de vários anos”, disse Moorhead. “O Facebook teve que aproveitar o que eles já tinham com o site atual e, em seguida, adicionar filtros extras de pesquisa e algoritmos para levá-la ao próximo nível. Em vez de fornecer links para as pesquisas, ela fornece os dados.”

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Abrir chat
💬 Posso Ajudar?