OpenOffice: Mais rápido

OpenOffice: Mais rápido

OpenOfficeIrei escrever algumas dicas simples, mas que poderão deixar seu OpenOffice bem mais rápido.

Embora eu vá tratar aqui do OpenOffice (inglês) para o Ubuntu (inglês), as dicas também servem para todos os outros sistemas operacionais em qualquer língua.

 

O pacote OpenOffice já está muito rápido, utiliza o padrão mundial de documentos chamado ODF, Open Document Format. As dicas tem como intenção aprimorar ainda mais o tempo de abertura dos aplivativos e o processo abrir e salvar os seus arquivos.

  • Mantenha atualizado o seu OpenOffice.
    Motivo: A cada nova versão, otimizações e correções são lançadas, agilizando a abertura e o processamento do seu OpenOffice.
    Como procededer: Acesse: http://www.openoffice.org/
  • Se você não usa, desative a máquina virtual Java
    Motivo: A Sun, desenvolvedora do OpenOffice, quis implementar o Java para uma série de funções na tentativa de popularizá-lo há muito tempo atrás. Isso ocorreu, mas por outros motivos. Poucas são as funções que usam Java e que são efetivamente usadas pela maioria dos usuários do OpenOffice (que chamarei agora de OO).
    Algumas dessas funções: macros, banco de dados, assistente de criação de documentos (wizards) etc.
    Como proceder: Abra qualquer aplicativo do OO. Vá em:
    Tools > Options > Java > Desmarque a opção “Use a Java runtime environment”
  • Aumentando os recursos de memória do OO
    Motivo: O OO trabalha com o padrão de arquivo ODF e sempre compacta seus arquivos para ocuparem, obviamente, pouco espaço. O problema é que essa compactação causa lentidão para abrir e salvar os arquivos por mexer com muitas operações em disco (que é muito mais lento do que a memória).Ao invés de remover essa compactação, é mais inteligente e eficaz aumentar a memória a ser usada pelo OO.
    Atenção: Não recomendo essa dica para computadores com 512MB de memória ou menos.
    Como proceder: Abra qualquer aplicativo do OO. Vá em:
    Tools > Options > Memory
    Em Graphics cache deixe 60MB para a opção “Use for OpenOffice.org” e 10MB para “Memory per object”.
  • Ative o QuickStarter
    Motivo: Um dos principais motivos da lentidão de se abrir pela primeira vez um documento a cada boot do computador é porque o OpenOffice, diferentemente da concorrência, carrega todos os dados necessários para que posteriormente qualquer outra ferramenta do OO seja aberta instantâneamente. Você pode agilizar esse processo ativando o QuickStarter, ferramenta que carrega os dados essencias do OO junto com o boot do seu sistema.
    Atenção: Não recomendo essa dica para computadores com 512MB de memória ou menos.
    Como proceder: Abra qualquer aplicativo do OO. Vá em:
    Tools > Options > Memory
    Em OpenOffice.org Quickstarter, ative a única opção que lá existe: Enable systray Quickstarter
  • Não use o OpenOffice como Microsoft Office
    Motivo: A maioria das pessoas acha que o pacote Microsoft Office é padrão e que todos os outros devem acompanhá-lo. Errado. Eles usam seus próprios padrões, fechados, sem alternativas. Muitas pessoas tem configurado seu OO para abrir a salvar seus arquivos como documentos do Microsoft Office, e esse processo consome recursos da máquina (processamento) e remove qualquer possibilidade de padronizar seu arquivo para qualquer outra ferramenta Office poder abri-lo.
    Como proceder: Se você precisa enviar um arquivo para alguém e ele foi feito no OpenOffice, faça essa pessoa instalar um plugin no Microsoft Office que o faça trabalhar com arquivos padronizados (ODF). A própria Sun fornece gratuitamente esse aplicativo: http://www.sun.com/software/star/odf_plugin/

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Abrir chat
💬 Posso Ajudar?