Ubuntu: Transforme-o em um Media Center

Ubuntu: Transforme-o em um Media Center

ubuntuATENÇÃO: Esse artigo não é mais válido para Ubuntu superior ao 10.10. Há um novo artigo nesse site com foco no Ubuntu 12.04 ou superior.

 

Atenção: Este artigo será atualizado constantemente e para que as atualizações sejam organizadas, cada atualização será dada uma versão do artigo.

Versão atual: 0.4 (final) (10/03/2010, changelog no final)

O Linux sempre foi conhecido por ser excelente para programar e terrível para executar conteúdo multimedia (flash, filmes, áudio, jogos etc).

O problema é que a maioria dos drivers são lançados apenas para Windows e o pessoal do Linux (a comunidade) tem que se virar dando suporte a tudo sem genhar um tostão. Com o tempo várias empresas tem percebido o crescimento e as vantagens do Linux e tem iniciado ou acelerado o trabalho para Linux.

Hoje o Linux não é mais um bicho de sete cabeças e rodar conteúdo multimedia tem sido cada vez mais fácil. Para jogos o crescimento ainda é pequeno, talvez seja necessário antes uma expensão desse sistema operacional para que exista uma vantagem econômica para as produtoras de jogos pensarem nesse sistema. A maioria ds usuários Linux buscam um sistema melhor para trabalho e o entretenimento é uma atividade secundária, diferentemente de boa parte dos usuários Windows onde o sistema é basicamente um ambiente de lazer, em especial eu falo de computadores em casa.

O objetivo deste artigo é ensinar a qualquer usuário (em especiais os iniciantes) a transformar o seu sistema operacional em um poderoso centro multimedia.

Basicamente ensinarei a instalar codecs, java, flash etc para Linux de tal forma que você tenha o básico para rodar quase todos os formatos de multimedia. Focarei a conversão de multimedia entre formatos em um outro artigo, pois ao contrário do Windows, o Ubuntu vem, por padrão, com um poderoso (e gratuito) conversor de formatos multimedias que deixa a maioria dos programas pagos para Windows de boca aberta. Estou falando do FFmpeg.

E lembre-se: Uma das coisas mais importantes do Linux é a possibilidade de fazer tudo por terminal. Não acredite jamais que só porque estamos na era da imagem utilizar-se de texto é viver no passado. Através de simples comandos no terminal podemos operar poderosas ferramentas com um potencial matemático maior do que qualquer outra ferramenta que dependa de uma interface gráfica. Além disso, os comandos por texto, emboram pareçam coisas de “hackers malignos”, não limitam as suas opções de trabalho, diferentemente da interface gráfica que só lhe permite fazer o que os programadores dela desenharam na tela.

Com um terminal na tela e os comandos corretos você abre um caminho de opções que nenhuma interface gráfica algum dia vai conseguir superar, seja qual for o sistema operacional que você estiver usando.

Basearei este artigo no Ubuntu 32 e 64 bits com interface Gnome. Basicamente os comandos funcionarão em qualquer distro baseada no Ubuntu ou no Debian, mas o meu foco será ao Ubuntu 8.04 em diante, pois foi a partir dessa versão que o acesso a conteúdo multimedia melhorou substancialmente. Distros com interface KDE são também contempladas com esses comandos, mas alguns pacotes que aqui citarei funcionam somente no ambiente Gnome. Embora o foco seja o Gnome, eu lembrarei quando um determinado pacote deve ser substituído por outro para o KDE, mas não falarei dos pacotes que não funcionam no KDE, embora, se instalados no KDE, normalmente não causem nenhum problema

A instalação dos repositórios e dos codecs serão feitas em duas etapas: Primeiro o repositório e depois os codecs. Entretanto, no final deste artigo, colocarei, para sistemas 32 e 64 bits Ubuntu com interface gnome,uma única linha de comando que faz todos os processos sem fazer qualquer pergunta. Essa parte é destinada as pessoas que não querem entender de nada do processo, apenas copiar, colar e usar. Isso é normal quando o objetivo das pessoas não é entender o sistema operacional ao usar o computador, apenas usá-lo para outros fins.

Bom, vamos ao que interessa!

  1. Para quem usa o Ubuntu, o melhor repositório de conteúdo multimedia sem dúvida é o da Medibuntu, oferecido pela própria Canonical (desenvolvedora do Ubuntu). Um repositório nada mais é que um local que contém dezenas ou até centenas de pacotes (packages) para instalar em seu sistema.
    Site oficial: http://www.medibuntu.org/
    Como instalar o repositório (eu ensinarei abaixo, esse é o manual oficial):https://help.ubuntu.com/community/MedibuntuDica: Esteja com o seu Ubuntu atualizado. Isso evita eventuais problemas, embora difíceis de acontecer. Para atualizar o Ubuntu cole o seguinte comando no terminal (nada será perguntado):
    Comando: sudo apt-get -y update && sudo apt-get -y upgrade
    1. Execute o comando abaixo. Nada será necessário fazer, nenhuma pergunta será feita. Apenas execute o comando.
    2. 32 ou 64 bits, Ubuntu 8.04 ou superior:
      sudo wget http://www.medibuntu.org/sources.list.d/`lsb_release -cs`.list \--output-document=/etc/apt/sources.list.d/medibuntu.list && sudo apt-get -q update && sudo apt-get --yes -q --allow-unauthenticated install medibuntu-keyring && sudo apt-get -q update
  2. Pronto, você instalou o depositório do Medibuntu e a chave pública que verificará a autenticidade de cada pacote que for instalado futuramente, garantindo proteção ao seu sistema. Agora, em uma única linha, você instalará diversos recursos (codecs, leitura de dvd criptografado, formatos não nativos do sistema, media player, samba para compartilhamento de arquivos em rede etc, todos gratuitos e de código aberto) no seu Ubuntu. Não se preocupe, não haverão perguntas. Apenas execute o comando.A idéia deste tutorial é ser simples e provar que com poucas linhas de comando você pode ter tantas coisas que você teria no Windows com horas e horas buscando e instalando softwares, sem pegar um vírus e ver telas azuis de erro.
    1. 32 bits, Ubuntu 8.04 ou superior:
      sudo apt-get --force-yes -y install w32codecs libdvdcss2 ubuntu-restricted-extras libamrnb3 libamrwb3 amrnb amrwb mplayer gstreamer0.*-ffmpeg\$ gstreamer0.*schroedinger\$ gstreamer0.*-tools\$ gstreamer0.*-nice\$ gstreamer0.*-plugins-base gstreamer0.*-plugins-good gstreamer0.*-x\$ gstreamer0.*-ugly gstreamer0.*-bad bluez-gstreamer samba libpam-smbpass totem-gstreamer totem-plugins totem-plugins-extra ffmpeg2theora libmpeg3-1 mpegdemux x264 mpeg2dec vorbis-tools id3v2 mpg321 mpg123 ffmpeg libmp4v2-0 normalize-audio transcode avidemux mp3gain rar p7zip
    2. 64 bits, Ubuntu 8.04 ou superior:
       sudo apt-get --force-yes -y install w64codecs libdvdcss2 ubuntu-restricted-extras libamrnb3 libamrwb3 amrnb amrwb mplayer gstreamer0.*-ffmpeg\$ gstreamer0.*schroedinger\$ gstreamer0.*-tools\$ gstreamer0.*-nice\$ gstreamer0.*-plugins-base gstreamer0.*-plugins-good gstreamer0.*-x\$ gstreamer0.*-ugly gstreamer0.*-bad bluez-gstreamer samba libpam-smbpass totem-gstreamer totem-plugins totem-plugins-extra ffmpeg2theora libmpeg3-1 mpegdemux x264 mpeg2dec vorbis-tools id3v2 mpg321 mpg123 ffmpeg libmp4v2-0 normalize-audio transcode avidemux mp3gain rar p7zip
    3. Importante:
      1. O pacote ubuntu-restricted-extras não funciona no KDE e ele deve ser substituído pelo pacote: kubuntu-restricted-extras
      2. Um pacote essencial para o ambiente KDE é o: libxine-extracodecs
  3. Pronto, você preparou o seu Ubuntu em um sistema preparado para ler dezenas de medias nativas ou não nativas do Linux.
  4. É recomendável que você agora faça uma atualização do sistema via apt-get:
    sudo apt-get -y update && sudo apt-get -y upgrade
    E, como prometido, para as pessoas que não querem ler nada e só querem copiar, colar e usar, segue abaixo uma única linha de comando que faz tudo o que foi dito nesse artigo.Comando único para o Ubuntu 8.04 ou superior 32 bits:
    sudo apt-get --force-yes -y update && sudo apt-get -y upgrade && sudo wget http://www.medibuntu.org/sources.list.d/`lsb_release -cs`.list \--output-document=/etc/apt/sources.list.d/medibuntu.list && sudo apt-get -q update && sudo apt-get --yes -q --allow-unauthenticated install medibuntu-keyring && sudo apt-get -q update && sudo apt-get -y install w32codecs libdvdcss2 ubuntu-restricted-extras libamrnb3 libamrwb3 amrnb amrwb mplayer gstreamer0.*-ffmpeg\$ gstreamer0.*schroedinger\$ gstreamer0.*-tools\$ gstreamer0.*-nice\$ gstreamer0.*-plugins-base gstreamer0.*-plugins-good gstreamer0.*-x\$ gstreamer0.*-ugly gstreamer0.*-bad bluez-gstreamer samba libpam-smbpass totem-gstreamer totem-plugins totem-plugins-extra ffmpeg2theora libmpeg3-1 mpegdemux x264 mpeg2dec vorbis-tools id3v2 mpg321 mpg123 ffmpeg libmp4v2-0 normalize-audio transcode avidemux mp3gain rar p7zip && sudo apt-get -y update && sudo apt-get -y upgrade

    Comando único para o Ubuntu 8.04 ou superior 64 bits:

    sudo apt-get --force-yes -y update && sudo apt-get -y upgrade && sudo wget http://www.medibuntu.org/sources.list.d/`lsb_release -cs`.list \--output-document=/etc/apt/sources.list.d/medibuntu.list && sudo apt-get -q update && sudo apt-get --yes -q --allow-unauthenticated install medibuntu-keyring && sudo apt-get -q update && sudo apt-get -y install w64codecs libdvdcss2 ubuntu-restricted-extras libamrnb3 libamrwb3 amrnb amrwb mplayer gstreamer0.*-ffmpeg\$ gstreamer0.*schroedinger\$ gstreamer0.*-tools\$ gstreamer0.*-nice\$ gstreamer0.*-plugins-base gstreamer0.*-plugins-good gstreamer0.*-x\$ gstreamer0.*-ugly gstreamer0.*-bad bluez-gstreamer samba libpam-smbpass totem-gstreamer totem-plugins totem-plugins-extra ffmpeg2theora libmpeg3-1 mpegdemux x264 mpeg2dec vorbis-tools id3v2 mpg321 mpg123 ffmpeg libmp4v2-0 normalize-audio transcode avidemux mp3gain rar p7zip && sudo apt-get -y update && sudo apt-get -y upgrade

Changelog das mudanças de cada versão:

  • 0.4v
    – adicionado rar p7zip
  • 0.3v
    – removido skype, o ubuntu já está vindo com a versão mais nova
  • 0.2v
    – removido reaplayer, muito instável para Linux
    – removido vlc vlc-plugin-*, uma componente deixou de ser suportada pelo Ubuntu Karmic 9.10
    – removido liba, não está mais no repositório do medibuntu
    – adicionado totem-gstreamer, totem-plugins, totem-plugins-extra, ffmpeg2theora, libmpeg3-1, mpegdemux, x264, mpeg2dec, vorbis-tools, id3v2, mpg321, mpg123, ffmpeg, libmp4v2-0, normalize-audio, transcode, avidemux, mp3gain

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Abrir chat
💬 Posso Ajudar?