Um assunto que merece o meu, o seu e a dedicação de outros profissionais. “Acessibilidade na web”

Um assunto que merece o meu, o seu e a dedicação de outros profissionais. “Acessibilidade na web”

telecentrosepedCom o avanço da tecnologia e a grande expansão de acessos no Brasil, a chamada inclusão digital, muitos usuários enfrentam alguma dificuldade na hora de acessar um site. Por terem pouco conhecimento, máquinas de pouca capacidade e/ou desatualizadas, ou até por terem algum tipo de deficiência (visual, motora, aditiva, etc)

 

 

 

Todo desenvolvedor deve pensar nestas pessoas no momento de criar um site. Para facilitar o serviço a W3C, criou a WAI (Iniciativa para a Acessibilidade da Web), que aponta as situações e características que o usuário pode apresentar:

 

1 – Incapacidade de ver, ouvir ou deslocar-se, ou grande dificuldade (quando não a impossibilidade) de interpretar certos tipos de informação.

 

2 – Dificuldade visual para ler ou compreender textos.

 

3 – Incapacidade de usar o teclado ou o mouse, ou ambos.

 

4 – Insuficiência de quadros, apresentando apenas texto ou dimensões reduzidas, ou uma conexão muito lenta.

 

5 – Dificuldade para falar ou compreender, fluentemente, a língua em que o documento foi escrito.

 

6 – Ocupação dos olhos, ouvidos ou mãos, por exemplo, no trabalho em um ambiente barulhento.

 

7 – Desatualizarão, pelo uso de um browser antigo, ou por utilizar um browser completamente diferente dos habituais, ou por voz ou sistema operacional menos difundido.

 

Sabemos que atender estes 7 itens é complicado, podendo ser até impossível em alguns casos, mas não é necessário atender os casos 100%. Nesta série, mostraremos como você poder tornar o seu site um pouco mais acessível.

 

Fiquem ligados!

 

 

 

 

 

 

 

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Abrir chat
💬 Posso Ajudar?