Vendas do LinkedIn saltam 90%

Vendas do LinkedIn saltam 90%

linkedlnLinkedIn está fechando negócios lucrativos graças ao melhor uso de análises, segundo o Wall Street Journal. As vendas de serviços para recrutadores de empresas saltaram 90% ante 2012. Empresas como PepsiCo e Starbucks informaram que aumentaram os gastos com serviços da rede corporativa no últimos ano.



O salto da receita se deve, em grande parte, na transformação de oportunidades em vendas. Antigamente, os analistas de negócios do LinkedIntinham que puxar manualmente dados de 25 fontes para prever quais companhias estariam dispostas a investir em seus serviços. O trabalho também previa quais serviços seriam os mais atraentes para cada cliente.

Nos últimos dois anos, no entanto, a companhia criou um painel interno usando softwares de análise para reunir informações de fontes díspares, o que os ajudou a direcionar esforços e conseguir vendas efetivas, informou Simon Zhang, diretor de negócios do LinkedIn ao jornal norte-americano.

A capacidade de fechar negócios mais rapidamente gerou um grande impacto nas vendas globais da rede. De acordo com Zhang, clientes corporativos são responsáveis por mais da metade da receita de US$ 972 milhões da companhia.

Em fevereiro, a companhia informou que sua receita subiu 81% na comparação anual, chegando aos R$ 303,6 milhões nos últimos três meses de 2012. Com isso, várias empresas de análise melhoraram a avaliação da empresa. 

A empresa experimenta algo peculiar no mercado de internet: enquanto os papéis de companhias como Facebook, Groupon e Zynga se desvalorizaram algum tempo depois do IPO, o LinkedIn continua vendo altas. 

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Abrir chat
💬 Posso Ajudar?